Deputado quer processar oficiais do FBI e DOJ por traição

Em carta publicada na sexta-feira (02/02), o deputado republicado do Arizona, Paul Gosar, anunciou que entrará com processo penal contra funcionários do FBI e do Departamento de Justiça por atos de “traição” apresentados no memorando divulgado dias atrás pelo Congresso.

O deputado Paul Gosar publicou uma declaração oficial em seu perfil verificado no Twitter.

“O FBI, conscientemente, aceitou informações falsas do Comitê Nacional Democrata e da campanha de Hillary Clinton e depois usou isso para espionar Donald Trump com objetivo de ferir sua campanha”, escreveu Gosar.

O deputado citou os nomes de James Comey, Andrew McCabe, Sally Yates e Rod Rosenstein e declarou que as ações deles “não foram apenas criminosas, mas constituem traição“.

Paul Gosar revelou que entraria com “ação criminal contra esses traidores da nossa nação“.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *