Escola hasteia bandeira do Black Lives Matter

Um colégio na capital do estado de Vermont hasteou uma bandeira do movimento extremista de esquerda Black Lives Matter na manhã de quinta-feira (31/01) como homenagem ao Mês da História Negra.

Estudantes do Colégio Montpelier, onde 18 dos 350 estudantes são negros, se revezaram para hastear a bandeira em uma cerimônia com a participação de centenas de alunos, funcionários e membros da comunidade.

A decisão de colocar a bandeira para voar atraiu críticas do deputado estadual republicano Thomas Terenzini, que contou a WPTZ que a escola estava “dando um mau exemplo“.

Eu não me vejo como um intolerante ou preconceituoso, mas eu simplesmente não acho que a Black Lives Matter seja uma organização nacional para se inspirar“, disse Terenzini.

Vários policiais estavam no evento devido a ameaças de protesto principalmente de fora do estado, disse o chefe de polícia de Montpelier, Anthony Facos. Não houve manifestantes na cerimônia.

Funcionários da escola disseram que a instituição recebeu uma grande demonstração de apoio da comunidade. O superintendente Brian Ricca declarou:

Estamos orgulhosos de fazer isso porque honra a realidade de que a experiência dos nossos estudantes negros não é a mesma coisa que a experiência de nossos estudantes brancos. E nosso objetivo foi ter uma profunda conversa sobre isso, não só em nossa escola, mas em nossa comunidade.

Com informações de: [FoxNews]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *