Papa entra no coro globalista e condena “fake news”

Estamos vendo as autoridades cada vez mais preocupadas com o avanço das “fake news” e utilizando esse argumento como base para estabelecer um controle maior da informação na internet.

Papa Francisco declarou na tradicional mensagem para o 52ª Dia Mundial das Comunicações Sociais:

Fake news é um termo discutido e objeto de debate. Geralmente, atinge àquelas informações difundidas de maneira online ou na mídia tradicional. Com essa expressão, refere-se às informações infundadas, baseadas sob fatos inexistentes ou distorcidos, e miradas para enganar ou manipular o leitor. A sua difusão pode responder à objetivos desejados, influenciando escolhas políticas e favorecendo lucro econômico.

O drama da desinformação é o descrédito do outro, a sua representação como inimigo, até uma demonização que pode fomentar conflitos. As notícias falsas revelam assim um comportamento, ao mesmo tempo, intolerantes e hipersensíveis, com o único êxito que a arrogância e o ódio provavelmente se espalhará. O que conduz, em última análise, à falsidade.

De acordo com informações do jornal O Globo:

O Papa pediu que os profissionais da imprensa voltem a sua atenção para a busca da verdade em sua missão. Francisco assinalou que, de acordo com a Bíblia, a primeira notícia falsa remonta ao início dos tempos, quando Eva foi tentada a comer uma maçã no Jardim do Éden com informações enganosas dadas por uma a cobra.

Para o Pontífice, o papel dos jornalistas vai além de uma profissão, por considerá-lo como “uma missão”. Francisco disse que eles têm a responsabilidade de eliminar as fake news.

Ele afirmou ainda que o jornalismo deve estar “menos concentrado nas breaking news (notícias quentes) do que em explorar as causas subjacentes dos conflitos … um jornalismo comprometido em apontar alternativas ao aumento de discussões e violência verbal”.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

2 Comentários

  1. Marcelo Xavier disse:

    O Papa contra as fake news? O que é a Biblia, senão um compêndio de fake news?
    https://amarretadoazarao.blogspot.com.br/2018/01/papa-francisco-excomunga-as-fake-news.html

  2. Felippe Feres Bichara Júnior disse:

    Pedidos específicos:
    -Solicito que alguém encaminhe uma carta escrita ou e-mail para o Papa também alertando para as fake-news ligados à doutrina católica e a bíblia cristã. Informações infundadas, baseadas sob fatos inexistentes ou distorcidos, preconceitos de fé, e miradas para enganar ou manipular o leitor e ouvintes. Por exemplo, a venda da imagem de um Jesus Cristo de cabelos cumpridos, lisos, pele branca, olhos azuis ou castanhos, rosto atraente para seduzir as pessoas. Sendo que pesquisas históricas indicam que Jesus pode ter nascido naquela região provavelmente seria moreno e ou negro.
    -Informem também ao Papa Francisco sobre a existência de inúmeras distorções de pensamento (cognitivas) presentes nas bíblias cristãs, como: inferências arbitrárias; pensamentos dicotômicos; ditadura-do-deverias; catastrofizações; exageros linguísticos ligados à prática de comunicação violenta; dramas nocivos ao desenvolvimento e manutenção da saúde cognitiva, emocional e social; terrorismo gospel; violação de direitos humanos; generalizações de vários tipos; ensinamentos anticientíficos; rotulações e outras. Sendo que a difusão dessas fake-news pode corresponder à objetivos desejados, influenciando políticas e favorecendo lucro econômico de nichos sociais religiosos de forma ilegítima (estelionatos; pactos espirituais negativos; práticas de ocultismo prejudicial de fatos extrafísicos (exemplo: uso de armas psicotrônicas de forma também criminosa e pactos espirituais negativos), não apenas por membros da Igreja Católica Romana (I.C.A.R). Sendo que vários ensinamentos torpes (via violência pela apologia de verdades absolutas) promovem também via terrorismo e ocultismo: crimes de periclitação da vida e da saúde; crimes contra a liberdade individual; crime das rixas; crimes contra a honra (injúrias; calúnias; difamações); crimes das lesões corporais; crimes de estelionato e de extorsão financeira e outros males.
    -O drama de várias informações ligadas a doutrinação não apenas bíblica induz a preconceitos ideológicos de fé promovendo desinformações e o descrédito do outro (exemplo: infiéis) via preconceitos de fé, os representando também como “inimigos”. Até uma demonização dos mesmos podendo gerar conflitos, via promoção de violência verbal (escrita nas bíblias ou falada) com base no que é ensinado não apenas nas bíblias em nome do modelo divino cristão e Jesus Cristo, quando esses ensinam ou dão exemplos de práticas de intolerância religiosa em vários trechos das bíblias.
    -Esses dramas doutrinários e preconceitos cristãos promovem similarmente a algumas fake-news desinformações e o descrédito do outro de forma irresponsável e impulsiva. E revelam assim um comportamento ao mesmo tempo intolerante com base nos valores criminosos dos Deuses cristãos (violência cultural). Ao mesmo tempo, intolerantes e hipersensíveis, com o êxito que a arrogância e dissimulação (faz de conta) presentes em vários atos fé disfarçados de humildade e o ódio provavelmente assim se espalha. O que também conduz, em última análise, à falsidade que aparente “boa” fé surtindo efeito de má fé.
    -Solicito que o mesmo se posicione também claramente e detalhadamente (sem uso de argumentos superficiais e fugazes de forma vaga) em relação as informações midiáticas do livro: “A Face Oculta de Gaia. Vasco Vasconcelos. Capítulo: Onde Se Planejam as Desgraças”. E os pactos espirituais negativos entre membros de comunidades extrafísicas e no plano físico em pactos espirituais negativos também via promoção de terrorismo gospel pelos atos de fé e os ideais negativos escravagistas dos modelos divinos cristãos, muçulmanos e judaicos ou outros. Ou ainda o livro: “Onde a Religião Termina? Marcelo da Luz. Editares”; “Armas psicotrônicas. p.89. Projeciologia: Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Humano. 10ª Edição. Editares. 2009. Waldo Vieira. Relações da Projeciologia”. Além das fontes midiáticas (vídeos youtube: “Pacto Multidimensional Tertúlia Verbete 2344”; “Fábio Del Santoro. Olhos Reptilianos na Série Alphas. Canal Oficial”; “Tertúlia 3157 – Sabotagem extrafísica (Paraconviviologia) Conscienciologia”. Sendo o objetivo ele deixar claro o seu posicionamento e responsabilidade evolutiva futura sobre tais informações. E deixar claro se ele tem pacto espiritual com algum extraterrestre reptiliano no sendo de ocultar fatos extrafísicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *