- PUBLICIDADE -

10 maiores salários dos clubes de futebol da Inglaterra

10 maiores salários dos clubes de futebol da Inglaterra
- PUBLICIDADE -

Se pretende casar, arranje a noiva antes. Se vai montar um campeonato, não dê bola fora.

Semana passada, doze clubes de futebol da Europa anunciaram a criação de uma Superliga.

Mais oito clubes, seguindo determinados critérios, se somariam aos originais para participar de uma competição entre os big-top do futebol.

Capitaneados pelo J.P.Morgan, um pequeno banco internacional (ironia), a Superliga seria um torneio de estrelas que prometia arrecadar milhões e milhões em todas as moedas existentes no Planeta.

Raciocinemos.

Essa ideia não surgiu ao acaso. Não foi fruto de um rompante qualquer. Ou de uma noite bem dormida regada a Taittinger. Ou Pérignon. 

Os dirigentes dos doze cubes iniciais, obviamente, foram consultados. Propostas e projetos foram apresentados, discutidos, estudados e aprovados.

Afinal não estamos tratando de um campeonato de bolinha de gude da esquina do Brás, mas de grandes clubes do futebol internacional:

  • Real Madrid (ESP)
  • Barcelona (ESP)
  • Atlético de Madrid (ESP)
  • Arsenal (ING)
  • Chelsea (ING)
  • Liverpool (ING)
  • Manchester United (ING)
  • Manchester City (ING)
  • Tottenham (ING)
  • Milan (ITA)
  • Juventus (ITA)
  • Inter de Milão (ITA)

Como não participaram do pontapé inicial, as ligas da Alemanha e França agitaram freneticamente suas bandeirinhas e gritaram em uníssono: “Impedimento! Impedimento!”.

Superliga Europeia já nasceu morta

Façamos um pequeno exercício político-globalista-financeiro sobre as consequências da criação da Superliga:

  • Futebol seria dividido em: “nós, os bons” e os “outros” (já vimos esse filme antes);
  • Emissoras de rádio e televisão (mesmo licitadas), indiscutivelmente, seriam as “amigas dos reis”;
  • Empresas fornecedoras de material esportivo subiriam alguns degraus na escada do faturamento;
  • Patrocinadores do evento seriam “os patrocinadores”;
  • Ingressos para assistir aos jogos nos estádios seriam disputados apenas por uma minoria privilegiada;
  • Possivelmente haveriam sorteios ou algo similar para distribuir ingressos. O famoso panis et circenses.
  • Casas de apostas (agências bancárias disfarçadas) veriam seus faturamentos multiplicar;
  • Agências de branding e marketing teriam cases para desenvolver (camisetas, bolas, lapiseiras e mais um mundo de artigos imagináveis seriam criados — e vendidos, claro);
  • Os hiper milionários ficam super-hiper milionários e o povão … bem, o povão continuaria a ser o povão.

No dia seguinte ao anúncio da criação da Superliga, a UEFA começou a manifestação contrária.

A FIFA através de declarações de seu presidente, Gianni Infantino, durante o congresso da UEFA, aumentou o tom dos protestos.

Dois dias após, em 21 de abril, os times da Inglaterra oficializam a retirada da tal Superliga e o projeto afunda de vez.

Heineken fez piada com a Superliga após anúncio do fim do projeto.

A Realidade

Da maneira mais simples e direta possível, a Superliga desapareceu devido às manifestações dos torcedores. 

As pessoas — principalmente na Europa — estão se conscientizando acerca de tudo o que está ocorrendo nos dias atuais e gritaram um sonoro “NÃO!”.

Sem torcida podem até ocorrer jogos, como acontece atualmente. Mas com uma torcida raivosa não existem times. Simples assim. 

Porque os 6 times da Inglaterra foram os primeiros a pular fora do barco?

No ranking dos 10 maiores salários dos times ingleses estão jogadores de 4 times que participariam de tal Superliga. Significativo.

E os salários deles são, digamos assim, generosos:

Foto: Reprodução/WB

Empresas fechando. Desemprego. Lockouts. Polícia nas ruas. Repressão. Gás lacrimogêneo ardendo nas narinas. Máscaras. Álcool em gel. Álcool sem gel. Com gelo, sem gelo. Manipulações e Manifestações. Pub´s fechados.

Mas ainda resta um pouco de transparência na Internet. A população sabe quanto ganha seu ídolo no futebol. 

E sabe quanto custa ganhar o seu salário.

Eles disseram NÃO à Superliga.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -