Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

11 das 14 nações do Grupo de Lima apoiam Juan Guaidó

11 das 14 nações do Grupo de Lima apoiam Juan Guaidó
COMPARTILHE

Documento divulgado pelo Grupo de Lima destaca o esforço conjunto para restaurar a democracia com realização de novas eleições gerais na Venezuela.

O Ministério das Relações Exteriores do Peru divulgou uma declaração conjunta nesta quinta-feira (24) na qual 11 dos 14 países que compõem o Grupo de Lima reiteram apoio ao presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó.

O comunicado tem apoio dos governos da Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai e Peru.

No entanto, não subscrevem o documento Guiana, Santa Lúcia e México.

Segundo a agência “EBC“, a declaração do Grupo de Lima afirma:

“[O Grupo de Lima apoia] o início do processo de transição democrática na Venezuela, no âmbito da sua Constituição, para realizar novas eleições no menor tempo possível, com a participação de todos os atores políticos e com garantias internacionais e normas necessárias para processo democrático.”

O texto ressalta a confiança em Guaidó e reitera que considera ilegítimo a ditadura de Nicolás Maduro.

O documento acrescentou:

. “[O Grupo de Lima ] reconhece e expressa seu pleno apoio ao presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, que assumiu como presidente da República Bolivariana da Venezuela, considerando as normas constitucionais e com a ilegitimidade do regime Nicolás Maduro.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE