Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

1,2 milhão de venezuelanos sofrem de desnutrição crônica

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

As fotos de uma mulher desnutrida e nua nas ruas da cidade de Cantaura, na Venezuela, foram publicadas nas redes sociais e deixaram a crise gerada pela ditadura Maduro ainda mais evidente.

Um comerciante conseguiu ajudar a mulher e ofereceu sua comida.

De acordo com Janeth Marquez, diretora da ONG Caritas Venezuela, alertou sobre a epidemia de desnutrição que assola a Venezuela e afirmou que os números “mostram claramente que os níveis de subnutrição estão aumentando e, entre as crianças, ultrapassou o limiar da crise”.

Janeth acrescentou:

Os últimos números mostram que 11,4% das crianças menores de cinco anos sofrem de desnutrição moderada ou grave. A Organização Mundial da Saúde definir o limiar da crise da desnutrição infantil em 10%, levando a Caritas declarar o estado de crise, nos estados de Capital, Vargas, Miranda e Zulia.

Por sua parte, o porta-voz da Cidadania na Fundação de Ação, Edison Arciniegas, disse ao jornal venezuelano El Impulso que ‘1,2 milhões de venezuelanos sofrem de desnutrição crônica, com mais força no Amazonas, Apure, Delta Amacuro, Monagas e Sucre’.

Unicef ​​alertou que cada vez “mais crianças estão desnutridas, como resultado da prolongada crise econômica e financeira” na Venezuela e pediu “a implementação de uma resposta sistemática contra a desnutrição”.

 

Traduzido e adaptado de NTN24

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias