1,5 milhão de ex-detentos iniciam registro para votar na Flórida

Português   English   Español
1,5 milhão de ex-detentos iniciam registro para votar na Flórida
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Para alegria da esquerda dos Estados Unidos, um milhão e meio de ex-presidiários na Flórida começaram a se registrar para votar.

O processo de registro teve início nesta terça-feira (8) depois que os eleitores decidiram em novembro acabar com uma lei estadual que vetava o direito a voto em caráter vitalício a todo aquele com antecedentes criminais.

Em 6 de novembro, a Flórida aprovou a emenda 4, que restabeleceu o direito ao voto de 1,4 milhão de ex-detentos que já cumpriram pena, inclusive o período em condicional ou fazendo trabalhos comunitários, e que não cometeram crimes sexuais ou homicídios.

Tratava-se da maior população de adultos inabilitados a votar, devido a uma política de 150 anos que afetava nos fatos mais as comunidades negra e hispânica.

Na Flórida, 10% da população adulta – incluindo um em cada cinco afro-americanos – não podiam votar devido a esta restrição, que datava do período imediatamente posterior à Guerra Civil.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...