20 mortos em Guiné-Bissau sob acusação de feitiçaria

Idiomas:

Português   English   Español
20 mortos em Guiné-Bissau sob acusação de feitiçaria
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

As autoridades costumam chegar tarde para auxiliar as vítimas, que acabam morrendo pelas mãos da própria população local.


O presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, Augusto da Silva, denunciou nesta quinta-feira (28) que cerca de 20 cidadãos de Guiné-Bissau foram mortos nos últimos 12 meses sob acusação de prática de feitiçaria.

As regiões de Quinará, no Sul, Biombo no Nordeste e Bissorã e São Domingos, no Norte, são as zonas do país com denúncias recorrentes de casos de mortes ligadas com acusações de prática de feitiçaria.

A população local costuma partir logo para agressão verbal e física contra acusados de praticarem feitiçaria.

Por serem localidades distantes dos centros urbanos, quando a polícia chega ao local a vítima já costuma estar morta ou severamente espancada, disse o dirigente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, segundo o Público.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...