Português   English   Español

200 anos de prisão contra líderes de protestos na Nicarágua

200 anos de prisão contra líderes de protestos na Nicarágua
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Nicarágua impôs nesta segunda-feira (18) sentenças de mais de 200 anos de prisão contra organizadores de protestos.


A Justiça da Nicarágua condenou os líderes opositores Medardo Mairena e Pedro Mena pela participação, no ano passado, de protestos contra o regime de Daniel Ortega.

A sentença foi proferida pelo juiz Edgard Altamirano. Ambos foram condenados por “terrorismo” por organizar os protestos no ano passado.

Os dois opositores foram transferidos nesta segunda-feira (18) da prisão ao tribunal em Manágua para ouvir as sentenças sem aviso prévio dos advogados.

A repressão aos protestos deixou mais de 300 mortos, além de 750 detidos, acusados de “terrorismo” e outros delitos com base em uma lei aprovada em julho passado, que criminalizou os protestos com até 20 anos de prisão.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...