Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

300 policiais militares investigados por ‘motins’ no Ceará

Tarciso Morais

Tarciso Morais

300 policiais militares investigados por 'motins' no Ceará
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

Secretário da Segurança do Ceará diz que mais de 300 militares estão sendo investigados por “motins”.

André Costa, secretário da Segurança Pública do Ceará, afirmou, nesta quinta-feira (20), que mais de 300 policiais militares estão sendo investigados por envolvimento nas paralisações de atividades ocorridas desde a terça-feira (18). 

A secretaria considera os atos como “motim” e “vandalismo”. Os militares envolvidos vão responder Inquérito Policial Militar (IPMs) e processos disciplinares.

Quatro batalhões da Polícia Militar — em Fortaleza e em Caucaia –, permaneceram fechados nesta quinta-feira (20).

Homens encapuzados invadiram os quartéis, levaram carros e esvaziaram os pneus como uma tentativa de impedir o trabalho da Polícia Militar (PM).

O secretário André Costa declarou:

“Em torno de 300 militares respondendo inquéritos e também a processos disciplinares na CGD [Controladoria Geral de Disciplina]. Eles podem ser condenados por crimes militares, uns aí que passam até de 20 anos de reclusão.”

E, segundo o portal G1, acrescentou:

Também, perante a CGD, estão respondendo processos militares, cuja a pena pode ser de demissão, de expulsão das corporações e, além disso, esses que estão respondendo processos militares.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM