Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

32 militares da ativa vão se candidatar na eleição

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Ao todo, incluído pessoal da reserva, as Forças Armadas terão 105 postulantes a cargos eleitorais no pleito de outubro – de presidente da República a deputado distrital.

Não só os militares da reserva (73 deles) irão às urnas em outubro próximo.

Um grupo de 32 militares da ativa também vai concorrer a cargos eletivos neste ano. Ao todo, o país terá 105 postulantes das Forças Armadas a cargos eleitorais. Mais de 90% são egressos do Exército. De todo o pessoal da ativa que vai concorrer, metade é de oficiais. Entre estes há quatro tenentes-coronéis, quatro majores e quatro capitães. Quase todos do Exército.

A grande maioria dos candidatos da ativa – 23 deles ou 72% – vai concorrer ao cargo de deputado estadual. Oito deles concorrem a uma vaga na Câmara dos Deputados, em Brasília, e um a governador. O major Costa e Silva, do PSDC, disputa o governo de São Paulo.

O PSL, do presidenciável Jair Bolsonaro, é o partido favorito dos militares da ativa: 19 estão filiados nessa legenda. Os outros treze estão distribuídos em onze legendas. Dois deles na Rede, da candidata à Presidência Marina Silva.

 

Com informações da Gazeta do Povo
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM