- PUBLICIDADE -

5 bilionários da China que sumiram do mapa

5 bilionários da China que sumiram do mapa

A ausência de bilionários chineses da esfera pública é parte de um movimento mais amplo.

- PUBLICIDADE -

As notícias sobre o desaparecimento de Jack Ma, cofundador da Alibaba, têm gerado especulações nas redes sociais nos últimos dias.  

Ma, que já foi a pessoa mais rica da China, foi visto pela última vez no final de outubro de 2020, quando criticou reguladores do Partido Comunista Chinês (PCCh) por atravancarem a inovação. 

A ausência de Ma da esfera pública é parte de um movimento mais amplo.  

Nos últimos anos, bilionários seguem desaparecendo por um tempo após quebrarem regras impostas pelo regime comunista. 

Em 2012, uma campanha anticorrupção foi lançada pelo atual mandatário Xi Jinping, logo depois de subir ao poder. 

Jack Ma
Jack Ma e Xi Jinping

Guo Guangchang 

Em dezembro de 2015, Guo Guangchang, fundador e presidente do conglomerado de investimentos Fosun International, desapareceu.  

Relatos apontam que Guo foi levado pela polícia no aeroporto de Xangai, forçando a suspensão das atividades da sua empresa. 

Guo construiu sua companhia de capital aberto em Hong Kong, com recursos avaliados em US$ 115 bilhões com investimentos vindos da Ásia, Europa e América do Norte. 

Mais tarde, o empresário retornou à empresa, as razões para o sumiço nunca foram reveladas. 

Guo Guangchang 

Zhou Chengjian 

A empresa Shanghai Metersbonwe Fashion & Accessories precisou suspender temporariamente as negociações de suas ações em 2016. 

Em comunicado, a companhia afirmou que estava impossibilitada de contatar o bilionário fundador Zhou Chengjian

O jornal estatal “China Daily” disse que Chengjian foi detido pela polícia para ajudar com um suposto caso de manipulação de ações.  

Uma semana depois, o empresário estava de volta, mas detalhes sobre o misterioso sumiço não foram revelados. 

A filha do bilionário é presidente da empresa, mas ele continua como o maior acionista, com uma fortuna de US$ 1,3 bilhão

Zhou Chengjian

Ren Zhiqiang 

Este magnata do setor imobiliário da China foi declarado desaparecido em março de 2020. 

O motivo? Ren Zhiqiang publicou um artigo online com críticas à gestão do regime chinês durante a pandemia de coronavírus

Em julho, o regime anunciou que Ren tinha sido expulso do Partido Comunista Chinês (PCCh).  

Os seus recursos foram apreendidos e ele foi condenado em setembro a 18 anos de prisão por receber propina e abusar de seu poder como presidente de uma empresa estatal, entre outras acusações.  

Ren Zhiqiang 

Xiao Jianhua 

Anos atrás, o executivo Xiao Jianhua, da empresa de investimentos Tomorrow Group, sumiu de Hong Kong sem maiores explicações.  

Em janeiro de 2017, ele foi visto saindo de um hotel numa cadeira de rodas, com a cabeça coberta. Depois disso, foi levado para a fronteira da China continental.  

Em julho de 2020, a sua empresa disse numa nota no WeChat que Jianhua estava na China ajudando autoridades em investigações sobre a empresa.  

Xiao Jianhua 
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -