- PUBLICIDADE -

5 criptomoedas que usam menos energia que o Bitcoin

Foto: Reprodução/Shutterstock
- PUBLICIDADE -

Algumas criptomoedas “apresentam um modelo de mineração diferente”.

O bilionário Elon Musk sacudiu, recentemente, o mercado de criptomoedas ao alertar para o “rápido aumento do uso de combustíveis fósseis para mineração e transações” de Bitcoin.

Mas se a mineração do Bitcoin está incomodando Musk, outras opções no universo dos ativos digitais não faltam. 

Em reportagem da revista Forbes, publicada na última quinta-feira (13), Valdiney Pimenta, CEO da BitPreço, disse que algumas moedas digitais com a pegada mais verde podem conquistar o mercado do bitcoin:

“Apresentam um modelo de mineração diferente. Enquanto o BTC utiliza a prova de trabalho (proof of work, em inglês), as novas criptos estão usando a prova de participação (proof of stake, em inglês).”

Confira abaixo 5 criptomoedas que demandam menos energia que o Bitcoin:

5. IOTA (MIOTA)

Uma fundação sem fins lucrativos está por trás do IOTA.

A forma de financiamento desta criptomoeda é por meio de doações da comunidade, bolsas de pesquisa, desenvolvimentos de órgãos públicos e contribuições de organizações.

4. Chia (XCH)

A chinesa Chia Network criou a criptomoeda com o objetivo de melhorar a mineração dos ativos digitais. 

A mineração desta cripto pode ser feita por qualquer computador, basta entrar no site da criptomoeda e baixar a plataforma de transação Mainnet.

Chia: nova criptomoeda busca mineração mais ecológica

3. SolarCoin (SLR)

Esta criptomoeda utiliza energia solar para realizar a mineração — para cada megawatt-hora gerado é criado um SolarCoin (SLR).

Os mineradores precisam realizar um upload de documentação para comprovar a origem da energia gerada.

2. Stellar (XLM)

O ativo digital Stellar funciona como uma rede para troca de moedas e pagamentos — com a possibilidade de criar, enviar e negociar todas as formas de capital. 

Stellar decidiu facilitar as negociações no blockchain por apenas uma fração de centavo — o que se traduz numa pegada de carbono mais baixa.

1. Cardano (ADA)

O Cardano é um projeto de blockchain com perspectiva de consumir pouca energia na mineração.

A criptomoeda consome apenas 6 GWh de energia via prova de participação. 

Enquanto o bitcoin realiza sete transações por segundo, o Cardano pode atingir mil no mesmo período.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -