Português   English   Español
Português   English   Español

52 mil irregularidades no contracheque de órgãos públicos

52 mil irregularidades no contracheque de órgãos públicos
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

As informações foram divulgadas no site do TCU. O relator da análise é o ministro Aroldo Cedraz.

Análise do Tribunal de Contas da União (TCU) encontrou 51.636 indícios de irregularidades no gasto de pessoal de órgãos da Administração Pública Federal, nos meses de março a setembro do ano passado.

A fiscalização ocorreu em 798 unidades jurisdicionadas do Judiciário, Legislativo, Ministério Público da União, Forças Armadas, Banco Central e empresas estatais.

Desse montante, 17.168 indícios foram corrigidos e resultaram em ganhos para os cofres públicos.

TCU destaca que os 34.468 mil restantes ainda não foram esclarecidos pelos gestores responsáveis.

Dez órgãos somam 64% dos problemas detectados e deverão apresentar, em até 60 dias, plano de ação para solucionar as pendências.

Entre os indícios de irregularidades constam pagamento a pensionista já falecido, servidor ativo com mais de 75 anos, servidor falecido recebendo remuneração, pessoas proibidas de assumir cargos públicos, auxílio alimentação pago em duplicidade, entre outros.

Os dados estão no relatório do quarto ciclo de fiscalização dos dados cadastrais e folhas de pagamento do serviço público, informa o UOL.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...