5ª semana de protestos contra ‘passaporte da vacinação’ na França

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Macron alega estar agindo para proteger os franceses em meio à pandemia.

Manifestantes contrários à adoção de um “passe sanitário” contra Covid-19 na França pelo presidente Emmanuel Macron saíram às ruas pelo, no último sábado (14), pelo 5º final de semana consecutivo.

O documento alvo de protestos torna a vacinação obrigatória em várias atividades pelo país, inclusive no segmento dos transportes.

Os manifestantes dizem que a política de Macron ataca as liberdades básicas dos franceses.

No último sábado, os franceses foram às ruas com slogans como “França livre!”, “Pare a loucura da coroa” ou “sim à liberdade de escolher”.

Mas não foi só a capital Paris que registrou protestos contra o passe sanitário.

Outras manifestações ocorreram em cidades, especialmente no sul, incluindo Toulon, Montpellier, Nice, Marselha e Perpignan, onde os números às vezes ultrapassaram os de Paris, destaca a emissora France 24.

Macron, que enfrenta a reeleição no próximo ano, vem mostrando pouca paciência com as demandas dos manifestantes, enquanto alega estar agindo para proteger os franceses em meio à pandemia do novo coronavírus.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.