Português   English   Español
Português   English   Español

60 candidatas laranja nas eleições de 2018 apenas em SP

60 candidatas laranja nas eleições de 2018 apenas em SP
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Uma investigação conjunta dos ministérios públicos estadual e federal identificou ao menos 60 casos suspeitos de candidatas “laranja” na eleição de 2018 em São Paulo.

Partidos inscreveram essas candidatas sem a intenção de que elas fossem eleitas, de acordo com o MP e o MPF.

As legendas tinham o único objetivo de atingir a cota de 30% de candidaturas femininas e, assim, garantir o fundo eleitoral.

A promotora Vera Lúcia Taberti, que coordenou o levantamento, apurou os casos envolvendo candidatas à Câmara dos Deputados e à Assembleia Legislativa paulista (Alesp).

O trabalho resultou em cinco ações de investigação judicial eleitoral e ações de impugnação de mandato eletivo.

Das cerca de 100 candidaturas investigadas, 42 delas têm pedido de impugnação de contas e cerca de 60 são de candidatas de “fachada”, as chamadas “laranjas”, segundo informações do MP e MPF, como noticiou o G1.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!