66% dos brasileiros acham que direitos humanos defendem bandidos

Uma pesquisa inédita do instituto Ipsos, obtida pela BBC Brasil, confirma que na opinião de dois em cada três brasileiros, os direitos humanos defendem mais os criminosos que suas vítimas.

Embora 63% se digam genericamente “a favor” dos direitos humanos, 21% se manifestam contrariamente à mera existência deles.

As conclusões estão na edição 157 da pesquisa Pulso Brasil. O Ipsos entrevistou presencialmente 1,2 mil pessoas em 72 municípios nas cinco regiões brasileiras – as entrevistas foram feitas entre os dias 1º e 15 de abril.

De acordo com informações da BBC:

Numa pergunta para resposta espontânea (quando o entrevistador não dá alternativas pré-estabelecidas), 21% dos entrevistados disseram que os direitos humanos significam “igualdade de direitos” ou de tratamento para ricos e pobres, brancos e negros, etc. Logo atrás, para 20%, o conceito se refere a direitos de criminosos ou bandidos.

Em outra pergunta, desta vez com alternativas pré-definidas, a maioria (56%) disse que “os bandidos” são os maiores beneficiados pelos direitos humanos. Outros 9% responderam “os mais ricos” e só 9% citaram “toda a sociedade brasileira”.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

1 Comentário

  1. Jose Ricardo Silva disse:

    No Brasil,de uns tempos para hoje,criou-se um absurdo nas mais diversas situações,ou seja no mundo civilizado existe uma teoria segundo a qual uma maçã podre deve ser retirada do cesto para não estragar a cesta,enquanto aqui no Brasil queremos “incluir” esta maçã podre no cesto,porem o efeito é claro que esta maçã podre ira estragar todas as demais.
    Olho esta atitude em relação por exemplo á Educação área na qual eu trabalho,tentamos “incluir” certos alunos que não servem para nada e eles estragam toda a sala,não querem estudar atrapalhando os que querem,querem fumar maconha na escola para fazer bonito para os outros,querem destruir patrimônio publico,e dizem para nós que não devemos ter preconceito porque a ordem é “inclusão”
    Se estes alunos pudessem ser expulsos da escola,os pais terem cortados a Bolsa Familia,não terem direito á Kit Escolar,não ter nenhum direito creio que os pais e responsáveis sem duvidas fariam algo para resolver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *