Português   English   Español

68 milhões de reais em propina identificados pela Lava Jato

De acordo com as últimas informações da Operação Lava Jato, as empreiteiras OAS e Odebrecht pagaram mais de 68 milhões de reais em propinas na Torre Pituba, sede da Petrobras em Salvador.

A pedido da força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF/PR) e da Polícia Federal (PF), a 13ª Vara Federal de Curitiba expediu e a PF cumpre, na manhã desta sexta-feira (23), oito mandados de prisão preventiva, quatorze mandados de prisão temporária e diversos mandados de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia.

O objetivo é aprofundar as investigações sobre a prática de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta e organização criminosa em esquema relativo à construção da sede da Petrobras em Salvador (BA), denominada Torre Pituba.

O esquema de contratações fraudulentas e pagamentos de vantagens indevidas se estendeu de 2009 a 2016.

Em seu perfil no Twitter, o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, demonstrou indignação:

Adaptado da fonte MPF

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter