Mais de 70% dos americanos enxerga a grande mídia como “fake news”

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

De acordo com pesquisa do Instituto de Pesquisa da Universidade de Monmouth, a esmagadora maioria dos americanos acredita que a grande e velha mídia tradicional reporta “fake news”.

Cerca de 77% dos quase 800 entrevistados responderam que desconfiam da mídia tradicional (TVs e jornais impressos), um aumento significativo dos já altos 63% que se declararam céticos há um ano atrás. Desses, 31% acreditam que as fake news ocorrem regularmente na grande mídia; enquanto 46% acreditam que ocorre de forma mais ocasional.

83% dos entrevistados acredita que as fake news são implantadas na grande mídia intencionalmente por certos grupos. Um número ainda maior, cerca de 87%, acredita que esses mesmos grupos são responsáveis por influenciar as mídias sociais como Facebook e YouTube.

A desconfiança dos entrevistados não se mostra atrelada a filiação partidária, embora existam diferenças entre republicanos e democratas. Enquanto republicanos estão em sua maioria convencidos das más intenções da mídia tradicional, com efusivos 89% de desconfiança nos noticiários das grandes redes de notícias, agora, 61% dos democratas têm a mesma desconfiança (número que aumentou consideravelmente, pois no ano anterior era 43%). Os não afiliados a nenhum partido mantém um nível saudável de ceticismo. No ano passado esses eram 66%, e neste ano o percentual aumentou para 82%.

A definição do que é uma “fake news” varia, no entanto. Enquanto 65% dos americanos classifica como “fake news” qualquer coisa desde uma imprecisão de informação até um escolha editorial sobre o que noticiar ou não noticiar, 25% acreditam que para uma informação ser considerada “fake news” ela tem que ser factualmente mentirosa.

O Presidente Donald Trump vem alertando os americanos a desconfiar da grande mídia desde sua campanha.

Em seu último comentário no Twitter, Trump ridicularizou a mídia sobre o fracasso da Sinclair Broadcasting: “É tão engraçado ver a Fake News Networks, entre os grupos mais desonestos com quem já lidei, criticar a Sinclair Broadcasting por ser tendenciosa”, disse ele. “Sinclair é muito superior à CNN e ainda mais à Fake NBC, que é uma completa piada”.

 

Matéria traduzida e adaptada do jornal Breitbart por Ana Borges no projeto #VoluntáriosRENOVA
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações