Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

8 milhões de cavalos exterminados na 1ª Guerra Mundial

8 milhões de cavalos exterminados na 1ª Guerra Mundial

Historiadora explica que os cavalos “foram os principais motores” do primeiro conflito mundial.

A estimativa dos historiadores aponta para 8 milhões de cavalos mortos na Primeira Guerra Mundial. A cada duas ou três mortes humanas, um animal também perdia a vida. 

Ao comentar sobre a época em que combateu na província de Picardie, na França, o escritor Georges Duhamel conta que, ao observar os campos da região do Somme do alto, notou um lugar “de cor castanha, parecida com um campo devastado por um incêndio”. 

Duhamel demorou para entender que o que via era o resultado das centenas de cavalos, apertados uns contra os outros nos acampamentos.

Gene Tempest, historiadora da Universidade Yale, nos Estados Unidos, explicou:

“A Primeira Guerra foi um conflito equestre. A força dos animais tornou possível a vida e os combates diários. Eles foram os principais motores da guerra.”

O principal motivo para a larga utilização dos animais é que eles se saiam melhor em ambientes frios e lamacentos — como as trincheiras — do que os carros e caminhões da época.

Tempest acrescentou:

 “Era politicamente menos custoso comprar cavalos de fora do que pedir à população europeia que sacrificasse os seus.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias