80 mortos e 22 mil hospitalizados no Japão por onda de calor

Pelos menos 22,6 mil pessoas foram hospitalizadas no Japão com sintomas de insolação, desidratação ou problemas relacionados à forte onda de calor que atinge o país há cerca de uma semana.

Uma onda de calor atípica que persiste nas últimas semanas já provocou a morte de ao menos 80 pessoas no Japão, informaram autoridades nesta terça-feira (24).

As salas de emergência dos hospitais ficaram lotadas com mais de 22 mil pessoas procurando ajuda médica, principalmente idosas.

A recomendação é que a população fique em casa para evitar as altas temperaturas. Em Tóquio, os termômetros registraram 40ºC pela primeira vez.

O governo anunciou medidas emergenciais para lidar com a situação, com investimentos para a instalação de ar-condicionado nas escolas públicas e a sugestão de que as férias de verão, que começaram nesta semana, sejam prolongadas. A previsão é que as temperaturas acima de 35 graus Celsius persistam até o início de agosto.

 

Adaptado da fonte O Globo
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia