Português   English   Español
Português   English   Español

800 PMs da reserva se apresentam para reforçar segurança após ataques no Ceará

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
800 PMs da reserva se apresentam para reforçar segurança após ataques no Ceará

PM confirmou que 150 policiais começaram a atuar na manhã desta sexta-feira (18). À tarde, criminosos incendiaram ônibus em Fortaleza.

A Polícia Militar do Ceará confirmou que 800 militares da reserva se apresentaram para reforçar a segurança do estado, que vive uma série de ataques criminosos.

O efetivo participou de uma reunião no Ginásio Paulo Sarasate, no centro de Fortaleza, e 150 agentes da segurança pública iniciaram o trabalho nas ruas da capital nesta sexta-feira (18).

A convocação dos policiais da reserva foi uma das medidas adotadas pela Secretaria da Segurança Pública para tentar conter a onda de ações criminosas.

Desde o dia 2 de janeiro, foram confirmados 210 ataques em 46 dos 184 municípios cearenses. De acordo com a secretaria, 383 pessoas foram capturadas por envolvimento nos crimes.

Nesta sexta-feira (18), 17º dia de ataques no estado, criminosos incendiaram um ônibus no Bairro Quintino Cunha, periferia de Fortaleza.

Os criminosos ordenaram que funcionários e passageiros do veículo descessem e atearam fogo; três homens foram presos, e duas mulheres estão foragidas. Não houve feridos, informa o “G1“.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!