- PUBLICIDADE -

83% dos estupros na Dinamarca são cometidos por migrantes ou descendentes

- PUBLICIDADE -

10 em cada 12 estupros na Dinamarca são cometidos por migrantes ou seus descendentes.

O estudo foi realizado pelo jornal dinamarquês BT com base em relatórios das condenações feitas entre janeiro de 2016 e maio de 2017.

A maior parte dos violadores são da Macedônia, Somália, Bulgária, Iraque e Eritreia.

Inger Støjberg, o Ministro da Integração e Imigração, disse:

É completamente horrível. E isso diz que há algo errado com algumas das comunidades de imigrantes na Dinamarca. Algo que vimos ao longo de muitos anos é que as taxas de criminalidade são muito mais altas nos círculos de imigrantes do que entre os dinamarqueses. E quando eu vejo esses estupros muito violentos é um sinal claro de que você não se integrou.

O chocante estudo revela que a maior parte desses estupradores eram imigrantes ilegais e que cometeram vários estupros na Dinamarca antes de serem detidos.

Enquanto alguns tentam justificar o aumento no número de casos de violência sexual no país, em 2017, os estupros aumentaram 196%. Essa elevação gritante ocorre desde que o partido Liberal assumiu a Dinamarca e permitiu uma entrada maior de migrantes.

 

Traduzido e adaptado de BT
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -