A barragem de maior risco em Minas Gerais está em ruínas

Idiomas:

Português   English   Español
A barragem de maior risco em Minas Gerais está em ruínas
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A barragem Mina Engenho foi dominada pelo mato e está abandonada. Inativa há sete anos, a mina de ouro não emprega mais ninguém e é uma herança perigosa.

A menos de dez minutos do centro da pequena Rio Acima, cidade de 10 mil habitantes na Grande Belo Horizonte, a mina pertencia à Mundo Mineração, do grupo australiano Mundo Minerals, hoje em estado falimentar.

A empresa deixou para trás, porém, uma herança perigosa: as barragens de maior risco de Minas Gerais, segundo avaliação da Agência Nacional de Mineração (ANM), órgão regulador do setor.

Conforme o relatório mais recente da ANM, de janeiro, a barragem Mina Engenho foi a única do Estado a ser considerada de “alto risco” de vazamento, informa o portal “Terra“.

Para se ter ideia, as barragens da mineradora Vale em Brumadinho – na unidade onde houve o rompimento – eram consideradas de baixo risco, conforme noticiou a RENOVA.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque