Português   English   Español

A estratégia de Bolsonaro para reverter resultado no Nordeste

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Derrotado na Região Nordeste por larga margem por Fernando Haddad (PT), o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro , venceu a eleição em cinco das nove capitais nordestinas.

A vitória mais simbólica foi no Recife (PE), capital de um estado importante para o Partido dos Trabalhadores e tido como berço para o lulismo.

De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além do Recife, Bolsonaro venceu em Aracaju (SE), João Pessoa (PB), Maceió (AL) e Natal (RN). Haddad ganhou em Salvador (BA), São Luís (MA) e Teresina (PI), enquanto que Ciro Gomes (PDT) foi vitorioso em Fortaleza (CE).

O pior desempenho de Bolsonaro na região Nordeste foi em Salvador (BA), onde teve 27,8%.

Bolsonaro foi derrotado em todos os nove estados da região, tendo alcançado melhor desempenho em Alagoas, com 34,4%.

Apesar disso, o candidato publicou nesta segunda-feira (8) em suas redes sociais uma foto destacando seu desempenho no Nordeste e agradecendo os 7,4 milhões de votos recebidos na região.

Segundo informações de O Antagonista, Bolsonaro “vai tentar reverter o resultado no segundo turno com propagandas exclusivas para a região”.

A estratégia de conversar diretamente com seus eleitores do Nordeste através redes sociais já estava em andamento mesmo antes da confirmação do segundo turno da eleição presidencial.

Aliados do deputado diziam que as pesquisas subdimensionavam a inserção dele na região, pois haveria o chamado “voto envergonhado”. O que de fato aconteceu, visto que o resultado de Bolsonaro no Nordeste foi o melhor dos últimos cinco pleitos.

Uma estratégia interessante que pode ser abordada pelo presidenciável do PSL para melhorar seu desempenho na região é utilizar o exemplo apresentado por Israel, no Oriente Médio.

Através do seu perfil oficial no Twitter, enquanto ainda estava internado no Hospital Albert Einstein, Bolsonaro falou sobre a semelhança entre a situação enfrentada por Israel e pela região Nordeste do Brasil, conforme noticiado pela Renova Mídia.

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações