A fantasiosa candidatura do presidiário Lula derreteu

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O eleitorado brasileiro já se esqueceu do presidiário Lula. O derretimento de sua candidatura ficou claro na pesquisa FSB/BTG Pactual divulgada nesta segunda-feira (10).

Duas semanas atrás, ele tinha 26% dos votos espontâneos, isto é, quando não o instituto não apresenta aos entrevistados uma lista com o nomes dos presidenciáveis. Na semana passada, caiu para 21%. Agora tem 12%.

Ao mesmo tempo, o percentual de votos brancos, nulos e nenhum caiu para apenas 16%.

O levantamento FSB/BTG Pactual é a primeira pesquisa divulgada após o atentado contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Para os analistas da Arko Advice, não há dúvida de que Bolsonaro se beneficiou eleitoralmente do atentado a faca sofrido na última quinta-feira (6).

E, para o poste de Lula, Fernando Haddad, “o episódio é duplamente ruim”.

Segundo informações de O Antagonista:

Primeiro, por deixar em segundo plano o drama do ex-presidente Lula, preso e tornado impedido de concorrer pela Justiça. A operação de transferência de votos lulistas para Haddad pode ser atrasada enquanto a mídia estiver dedicada a acompanhar a saúde do candidato do PSL.

A outra consequência ruim para Haddad reside no fato de o autor do atentado ter tido ligações com o universo esquerdista.

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações