Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

A lista das autoridades que foram alvos dos hackers da Lava Jato

Tarciso Morais

Tarciso Morais

A lista das autoridades que foram alvos dos hackers da Lava Jato
COMPARTILHE

A lista da perícia da PF é preliminar. Outros alvos das invasões ainda não foram identificados.

A perícia da Polícia Federal (PF) identificou que ao menos 84 autoridades públicas do Brasil foram alvos de tentativas de invasão feitas pelo grupo de hackers preso na Operação Spoofing.

O jornal O Globo teve acesso com exclusividade à lista de alvos da PF, que inclui celulares do presidente da República, Jair Bolsonaro, e dos seus filhos. Raquel Dodge e Rodrigo Janot, ex-procuradores-gerais da República, também foram atacados.

O relatório da PF registra a quantidade de vezes em que os cibercriminosos utilizaram a técnica de usar um aplicativo para simular uma ligação com mesmo número de origem e de destino.

Por meio desta estratégia, os hackers conseguiam invadir a caixa postal dos celulares e obter a senha de acesso ao aplicativo Telegram, de onde as mensagens privadas das autoridades forma extraídas.

Abaixo você pode conferir os alvos dos ataques e a quantidade de tentativas de invasões feitas pelo grupo hacker:

  • Rodrigo Janot (ex-PGR) – 76
  • Deltan Dallagnol – 37
  • Luciano (sobrenome não identificado) – 28
  • Thaméa Danelon (procuradora, ex-coordenadora da Lava-Jato de São Paulo) – 22
  • Orlando Martello Junior (procurador da Lava-Jato de Curitiba) – 21
  • Alexandre de Moraes (ministro do STF) – 13
  • Nicolao Dino (subprocurador aliado de Janot) – 13
  • Claudio Dantas (jornalista do site O Antagonista) – 12
  • João Otávio de Noronha (atual presidente do STJ) – 10
  • Eduardo Bolsonaro (deputado) – 10
  • Rodrigo Maia (presidente da Câmara) – 10
  • José Augusto Vagos (procurador da Lava-Jato do Rio) – 10
  • Márcio Barra Lima (ex-coordenador da Força-Tarefa Greenfield do MPF) – 10
  • Paulo Gomes Ferreira Filho (procurador da Lava-Jato do Rio) – 10
  • Delegado Francischini (ex-deputado federal) – 9
  • Paulo (chefe de gabinete do presidente do Senado Davi Alcolumbre) – 9
  • André Wasilewski Dusczak (juiz federal) – 9
  • Roberson Pozzobon (procurador da Lava-Jato de Curitiba) – 9
  • Raquel Dodge (ex-PGR) – 9
  • Thiago Lacerda Nobre (coordenador da Lava-Jato em SP) – 9
  • Felipe Francischini (deputado federal) – 8
  • DPF Edson (delegado da PF de SP) – 8
  • Luiz Philippe O. Bragança (deputado federal) – 8
  • Januário Paludo (procurador da Lava-Jato em Curitiba) – 8
  • Wagner do Rosário (ministro da CGU) – 7
  • Luís Felipe Salomão (ministro do STJ) – 7
  • Gleisi Hoffmann (deputada) – 7
  • Paulo Teixeira (deputado) – 7
  • Joice Hasselmann (deputada) – 7
  • Deltan (outro número do procurador) – 7
  • Eduardo Bolsonaro (deputado, outro número) – 7
  • Flávio Bolsonaro (senador) – 7
  • Presidente Bolsonaro Reservado (presidente da República) – 7
  • Presidente Bolsonaro telefone funcional (presidente da República) – 7
  • Coronel Hideo (não identificado) – 6
  • Baleia Rossi (deputado) – 6
  • Tiago Ayres (advogado do PSL e de Bolsonaro) – 6
  • Cid Gomes (senador) – 6
  • Marisa Ferrari (procuradora da Lava-Jato do Rio) – 6
  • Kim Kataguiri (deputado federal) – 6
  • Abel Desembargador (desembargador do TRF-2) – 5
  • Eduardo El Hage (coordenador da Lava-Jato do Rio) – 5
  • Júlio Carlos Noronha (procurador da Lava-Jato de Curitiba) – 5
  • Isabel Groba (procuradora da Lava-Jato de Curitiba) – 5
  • Karen Louise (procuradora da Lava-Jato de Curitiba) – 5
  • Luiza Frischeisen (subprocuradora, foi candidata a PGR pela lista tríplice) – 5
  • DGP SP Youssef (não identificado) – 4
  • Ministro Sergio Moro (ministro da Justiça) – 4
  • Zampieri (ajudante de ordens da Presidência) – 4
  • Carlos da Costa (secretário especial de Produtividade do Ministério da Economia) – 4
  • Gabriela Hardt (juíza federal da Lava-Jato de Curitiba) – 4
  • DPF Rafael Fernandes (delegado da PF) – 4
  • Andrey Borges de Mendonça (procurador da Lava-Jato em SP) – 4
  • Eduardo Pelella (procurador e ex-chefe de gabinete de Janot) – 4
  • Flávia Cecília Blanco (não identificado) – 3
  • Abraham Weintraub (ministro da Educação) – 3
  • Dep. Luiz Philippe Bragança (deputado) – 3
  • Eduardo Paes (ex-prefeito do Rio) – 3
  • Lamoso (ajudante de ordens do governo de SP) – 3
  • Pezão (ex-governador do Rio) – 3
  • Flávio Lucas (não identificado) – 3
  • Igor Gadelha Crusoé (jornalista da Crusoé) – 3
  • Pedro Bial (jornalista da TV Globo) – 3
  • André Luiz Morais de Menezes (não identificado) – 3
  • Danilo Dias (procurador e ex-coordenador da área criminal de Janot) – 3
  • Douglas Fischer (procurador e ex-coordenador da Lava-Jato de Janot) – 3
  • Rudson Coutinho da Silva (não identificado) – 3
  • Abílio Diniz (empresário) – 2
  • Davi Alcolumbre (presidente do Senado) – 2
  • Dr. Francisco (não identificado) – 2
  • Maira (não identificado) – 2
  • Marcelo Barbieri SRI/Segov (foi secretário de Relações Institucionais do governo Michel Temer) – 2
  • Athayde Ribeiro da Costa (procurador da Lava-Jato de Curitiba) – 2
  • General Braga Neto (atual chefe do Estado-Maior do Exército) – 2
  • MRE Filipe (Ministério das Relações Exteriores) – 2
  • Mario Carvalho FSP (jornalista da Folha de S.Paulo) – 2
  • Paulo Guedes (ministro da Economia) – 2
  • Reis Friede des TRF2 (atual presidente do TRF-2) – 2
  • Rosangela (mulher do ministro Sergio Moro) – 2
  • Diogo Castor de Mattos (ex-procurador da Lava-Jato de Curitiba) – 2
  • Gabriel da Rocha (não identificado) – 2
  • Paulo Roberto Galvão (procurador da Lava-Jato de Curitiba) – 2
  • Silvio Amorim (não identificado) – 2
  • Arolde de Oliveira (senador) – 1
  • Marcelo Bretas (juiz federal da Lava-Jato do Rio) – 1
  • Oswaldo Jose Barbosa da Silva (corregedor-geral do MPF) – 1

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.