Português   English   Español

A violência é o real perigo para a América Latina, não Bolsonaro

“A América Latina é a capital mundial de assassinatos”, diz a manchete de matéria publicada pelo renomado periódico Wall Street Journal nesta quinta-feira (20).

“Rodeado por drogas, gangues, instituições fracas e ilegalidade, a região está enfrentando uma crise”, acrescenta o jornal norte-americano no subtítulo da matéria.

Enquanto o Wall Street Journal aponta para a escalada de violência no continente latino-americano, a revista britânica The Economist afirma que o maior perigo para a América Latina é a possível vitória de Jair Bolsonaro nas eleições brasileiras.

A reportagem do WSJ expõe um número alarmante sobre a violência no Brasil:

Assombrosamente, 1.379 bebês com menos de um ano tiveram mortes violentas no Brasil entre 2000 e 2015, de acordo com as estatísticas oficiais.

“O maior perigo para brasileiros e latino-americanos não é Jair Bolsonaro, e sim morrer com uma bala na nuca”, afirma O Antagonista.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter