PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Aborto por malformação fetal agora é inconstitucional na Polônia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

1,1 mil abortos registrados na Polônia no ano passado de bebês que tinham essa condição.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O Tribunal Constitucional da Polônia proibiu, na última quinta-feira (22), o aborto em casos de má-formação grave do feto.

Esta era uma das formas de “interrupção da gravidez” previstas na legislação sobre o tema no país. 

A presidente da Corte, Julia Przylebska, disse que a lei que estava em vigor era incompatível com a Constituição do país. 

A magistrada argumentou ainda que permitir aborto por causa de defeitos do feto equivale à eugenia.

De acordo com dados oficiais, a Polônia registrou 1,1 mil abortos no ano passado de fetos que tinham essa condição.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.