Português   English   Español
Português   English   Español

Ação contra Bolsonaro por uso de WhatsApp nas eleições deve ser arquivada

Ação contra Bolsonaro por uso de WhatsApp nas eleições deve ser arquivada
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Para um dos procuradores, as informações sobre o suposto “escândalo do WhatsApp” não seria suficiente para embasar uma eventual cassação da chapa.

Principal ação aberta pelo PT contra o presidente eleito Jair Bolsonaro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o caso envolvendo a suposta compra de disparo em massa de mensagens pelo WhatsApp não deve prosperar.

Para integrantes do Ministério Público Eleitoral (MPE), ouvidos reservadamente pelo jornal “Valor Econômico“, para o processo ganhar musculatura e ter peso para levar à cassação do mandato presidencial no futuro seria necessário ficar comprovado que o episódio foi maior do que uma “chuva de santinho eletrônico”.

Após o primeiro turno das eleições de 2018, a jornalista Patrícia Campos Mello, da “Folha de S. Paulo”, publicou uma reportagem sobre um suposto esquema para divulgação de propaganda eleitoral irregular pró-Bolsonaro no aplicativo de mensagens WhatsApp.

Apesar de não ter apresentado nenhuma evidência, a matéria foi utilizada como base para o Partido dos Trabalhadores (PT) entrar no TSE pedindo a impugnação da candidatura de Bolsonaro.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!