Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ação contra Bolsonaro por uso de WhatsApp nas eleições deve ser arquivada

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Ação contra Bolsonaro por uso de WhatsApp nas eleições deve ser arquivada

Para um dos procuradores, as informações sobre o suposto “escândalo do WhatsApp” não seria suficiente para embasar uma eventual cassação da chapa.

Principal ação aberta pelo PT contra o presidente eleito Jair Bolsonaro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o caso envolvendo a suposta compra de disparo em massa de mensagens pelo WhatsApp não deve prosperar.

Para integrantes do Ministério Público Eleitoral (MPE), ouvidos reservadamente pelo jornal “Valor Econômico“, para o processo ganhar musculatura e ter peso para levar à cassação do mandato presidencial no futuro seria necessário ficar comprovado que o episódio foi maior do que uma “chuva de santinho eletrônico”.

Após o primeiro turno das eleições de 2018, a jornalista Patrícia Campos Mello, da “Folha de S. Paulo”, publicou uma reportagem sobre um suposto esquema para divulgação de propaganda eleitoral irregular pró-Bolsonaro no aplicativo de mensagens WhatsApp.

Apesar de não ter apresentado nenhuma evidência, a matéria foi utilizada como base para o Partido dos Trabalhadores (PT) entrar no TSE pedindo a impugnação da candidatura de Bolsonaro.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email