PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Acionistas tentam reduzir poder de Zuckerberg no Facebook

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Membros do conselho administrativo do Facebook apresentam propostas de mudança na estrutura de ações da empresa para reduzir o poder de Zuckerberg.

A longa lista de escândalos do Facebook não escapa da preocupação dos acionistas.

Muitos deles enxergam no CEO Mark Zuckerberg uma figura com poder excessivo sobre as decisões e estratégias da companhia.

Acionistas demonstraram a apreensão, nesta quinta-feira (30), durante a assembleia anual de acionistas da companhia, quando oito propostas do grupo não foram aprovadas.

Algumas das iniciativas tinham o objetivo de tentar controlar o poder de Zuckerberg. Não passaram porque o CEO detém o maior poder de voto sobre a empresa: além de ser presidente do conselho de diretores do Facebook, informa o Olhar Digital.

O fundador é dono de uma classe de ações chamada Classe B que lhe dá o direito de 10 votos por ação. Com isso, Zuckerberg tem poder absoluto sobre a administração da rede social.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.