Ações da empresa Taurus disparam após decreto da posse de armas

Português   English   Español
Ações da empresa Taurus disparam após decreto da posse de armas
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Bolsonaro anunciou que o decreto altera os critérios para a chamada “efetiva necessidade” da aquisição da arma e manutenção desta em casa.

As ações preferenciais da fabricante de armamento Taurus subiam mais de 5% após a assinatura do decreto de flexibilização da posse de armas no país pelo presidente Jair Bolsonaro.

Por volta das 12h33, segundo a “VEJA“, os papéis se valorizavam 5,18%, a 8,73 reais. As ações ordinárias, que têm menos liquidez, subiam 4,49%, a 9,30 reais.

Até a véspera, as ações da companhia eram as que mais se valorizaram no ano na bolsa brasileira, conforme noticiou a RENOVA.

A Taurus, que afirma ser uma das maiores fabricantes de armas leves do mundo, encerrou os nove meses até setembro de 2018 com receita líquida 623,5 milhões de reais, mas prejuízo consolidado de 44,6 milhões de reais.

As vendas líquidas de armas nos 9 primeiros meses do ano passado totalizaram 613,6 milhões de reais, alta de 17,4% em relação ao mesmo período de 2017, com as vendas nos mercados interno e externo registrando aumentos de 73 e 10,4%, respectivamente, segundo o balanço da empresa.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...

SIGA A RENOVA