Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Acordo com nações da EFTA beneficia produtores do Mercosul

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Acordo com nações da EFTA beneficia produtores do Mercosul
COMPARTILHE

Juntos, os países do EFTA posicionam em quinto lugar no ranking mundial de comércio de serviços e em nono lugar no comércio de bens.

O recém-firmado acordo entre o Mercosul e a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA) trará condições mais favoráveis para os produtores e exportadores dos países do bloco da América do Sul.

Entre os produtos que serão beneficiados com melhores condições de acesso ao mercado europeu estão: carne bovina, carne de ave, vinhos, milho, mel, frutas e óleos vegetais.

Como resultado deste acordo, a EFTA, bloco formado por Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, eliminará as tarifas para quase a totalidade dos produtos manufaturados do Mercosul, como couro e lã, melhorando notavelmente a inserção deles no mercado da Europa.

Além disso, vários produtos agrícolas serão beneficiados com isenção de impostos, como as frutas cítricas, maçãs, pêssegos, nectarinas, mirtilos, ameixas, legumes, leguminosas, trigo, malte, arroz, soja, nozes, carne enlatada, preparações cítricas como compotas, geleias e purês, sucos de fruta, alimentos para animais e produtos da pesca.

Os países da EFTA representam uma zona de livre comércio que compreende 14 milhões de habitantes, com um Produto Interno Bruto (PIB) de mais de US$ 1,1 trilhão, informa a agência EBC.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram