Português   English   Español

Acordo de paz entre ELN e Colômbia cada vez mais distante

O conflito entre a guerrilha comunista ELN e o governo da Colômbia registrou novos capítulos durante o último fim de semana, distanciando as partes de um acordo de paz.

A guerrilha ELN dinamitou o oleoduto Caño Limón-Covenãs, no município de Cubará, região central da Colômbia, o que causou vazamentos e contaminação nos rios locais.

Segundo a Ecopetrol, empresa petroleira do país, já foram realizados 79 ataques deste tipo no país somente em 2018, o que representa uma média de um atentado a cada quatro dias.

No mesmo dia, integrantes do ELN pararam um ônibus em uma via principal do departamento de Cesar, fizeram os ocupantes descerem e incendiaram o veículo. A polícia local interveio e o confronto com criminosos deixou cinco feridos.

Pouco depois, na mesma região, rebeldes queimaram um trator e um ônibus e fizeram pichações em veículos para desafiar o governo, que enviou cinco mil militares à área para combater as atividades do ELN.

 

Adaptado da fonte ANSA

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter