Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Adélio deve permanecer em presídio federal, diz STJ

Justiça diz que Adelio Bispo não pode ser punido criminalmente
Imagem: Ricardo Moraes/Reuters
COMPARTILHE

Ministro do STJ determina que esfaqueador de Bolsonaro siga preso na penitenciária federal de Campo Grande.

Joel Ilan Paciornik, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou, nesta quarta-feira (17), que Adélio Bispo, autor facada contra o então candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, permaneça preso na penitenciária federal de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul

Em sua decisão, Paciornik sustentou que as informações disponíveis indicam haver estrutura suficiente para o cumprimento da medida, pelo menos até o julgamento de mérito do conflito.

De acordo¹ com o ministro, a penitenciária federal de Campo Grande conta com unidade básica de saúde, inclusive para atendimento psiquiátrico.

Paciornik ainda instaurou um processo para apurar se havia conflito de competência entre a 5ª Vara Federal Criminal de Campo Grande (MS) e a 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG).

A decisão é liminar, isto é, o mérito ainda será julgado.

Na última terça-feira (16), o juiz Bruno Savino, de Minas Gerais, determinou o arquivamento² do inquérito que apurava supostos mandantes no atentado cometido por Adélio.

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários