Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Adesão do Brasil à OCDE pode ser discutida em fevereiro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

OCDE está no Brasil apurando retrocesso no combate à corrupção
COMPARTILHE

“O que o Brasil fez de muito bom é que não parou, não parou, não parou”, disse o secretário-geral da OCDE.

Em 5 de fevereiro, os membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) poderão analisar a possibilidade da entrada do Brasil no organismo. 

O secretário-geral da OCDE, José Ángel Gurría, explicou que nesta data o órgão realizará uma conferência onde o tema poderá ser discutido.

Em conversa com o jornal Estadão, Gurría declarou:

“O assunto não está na pauta, então não necessariamente falaremos de novas acessões, mas é possível.”

Ele também teceu elogios às medidas tomadas pelos governos de Michel Temer e Jair Bolsonaro:

“O que o Brasil fez de muito bom é que não parou, não parou, não parou… Eu sempre disse para o Brasil que não precisava parar para fazer (as adequações) no momento oficial, mas o Brasil já começou.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram