Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Administração Trump lança investigação contra ONG aborteira por venda de pedaços dos fetos

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Planned Parenthood, ou Paternidade Planejada, é uma ONG conhecida mundialmente por defender a bandeira do aborto, inclusive para adolescentes.

O Departamento de Justiça lançou uma investigação federal sobre as práticas da Planned Parenthood e o envolvimento da ONG com a venda de partes fetais.

Chuck Grassley, porta-voz do Comitê Judiciário do Senado, disse que o comitê encontrou evidências suficientes mostrando como organizações que promovem o aborto têm transferido tecido fetal e partes dos corpos dos fetos para instituições de pesquisa.

Em 2015, os ativistas pró-vida David Daleiden e Sandra Merritt, se apresentaram como pesquisadores fetais e gravaram vídeos secretos tentando comprar tecido fetal da organização Planned Parenthood.

Agora, com Donald Trump no poder, a investigação entrou no âmbito federal e promete desmascarar o sistema nefasto por trás da narrativa progressista à favor da realização indiscriminada de abortos.

De acordo com números divulgados recentemente, Nova York é o estado que mais pratica abortos nos Estados Unidos, com uma média de 575 bebês abortados para cada 1.000 nascimentos.

 

Com informações de: (1)
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram