- PUBLICIDADE -

Adolescentes conservadores unidos na luta pela liberdade nos EUA

- PUBLICIDADE -

Estudantes do ensino médio estão se unindo para apoiar princípios conservadores nos Estados Unidos, como um governo pequeno, liberdade individual e capitalismo de livre mercado.

“Eu amo a maneira como nós lutamos pela liberdade”, disse Heather Condie, uma jovem de 18 anos de idade que assistiu ao Encontro de Lideranças do Ensino Médio promovido em Washington de 23 a 26 de julho pela organização sem fins lucrativos Turning Point USA (TPUSA).

“Esse movimento tem grande aceitação, porque ele luta pela liberdade de cada indivíduo, e eu acho que isso é uma coisa muito importante”, disse ela.

Para a estudante, o tema geral reside em ser grato por viver nos Estados Unidos, “porque aqui é um lugar tão livre e isso é algo de que nunca devemos descuidar”.

Ela contou que os oradores a inspiraram a ser mais ativa na comunidade política enquanto espera para entrar na faculdade no outono.

“Ter vindo aqui fortaleceu a minha determinação de ser mais consistente sobre aquilo em que eu acredito”, disse ela: “meu objetivo agora é ser mais protagonista do que espectadora”.

Dentre os oradores do evento de quatro dias de duração estavam a embaixadora dos Estados Unidos para a ONU Nikki Haley, os empresários Mark Cuban e Peter Thiel, o ex-assessor de imprensa da Casa Branca Sean Spicer, e Tom Fitton, do canal Judicial Watch.

 

Com informações da Epoch Times
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -