Português   English   Español

Advogado detido por criticar STF pedirá impeachment de Lewandowski

O advogado que foi detido pela PF, após uma discussão com Ricardo Lewandowski durante um voo, vai pedir o impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Quem fiscaliza o Supremo? Quem faz alguma coisa com a conduta do ministro? Quem vai cuidar deste abuso de poder que o ministro cometeu ontem?”, indagou o advogado Cristiano Caiado de Acioli, de 39 anos, em entrevista ao “Café com Jornal” nesta quarta-feira (5).

Questionado pelo jornalista da “Rede Bandeirantes” se ele pretende tomar alguma ação judicial contra o ministro Ricardo Lewandowski. O advogado respondeu:

“Eu gostaria de ver o impeachment do ministro Lewandowski e eu vou até o final nisso. Ele não tem o decoro para ocupar este cargo. A toga é muito pesada para ele”, respondeu Cristiano.

Confira o vídeo da entrevista:

Entenda o caso

Durante voo nesta terça-feira (4), o advogado disse ao ministro Lewandowski que o “STF era uma vergonha”.

O magistrado não ficou nada satisfeito, questionou se Cristiano queria ser preso e pediu aos comissários da aeronave que chamassem agentes da Polícia Federal.

Lewandowski, afirmou, por meio de sua assessoria, que ao presenciar ato de injúria contra o STF, o ministro sentiu-se no dever funcional de proteger instituição, acionando a autoridade policial.

O advogado foi conduzido pela PF, prestou depoimento, e foi liberado logo em seguida, conforme noticiou a Renova.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter