- PUBLICIDADE -

Advogado dos EUA entra com ação de US$ 20 tri contra a China

Advogado dos EUA entra com ação de US$ 20 tri contra a China
Imagem: Reprodução/Twitter

- PUBLICIDADE -

Advogado alega que o novo coronavírus, causador da doença Covid-19, é uma arma biológica projetada pela China.

O advogado norte-americano Larry Klayman entrou com uma ação judicial de US$ 20 trilhões contra a China pela criação e disseminação do novo coronavírus, que já infectou mais de 1,3 milhão de pessoas em todo o mundo.

Klayman, que trabalha para um grupo de defesa do Texas, Freedom Watch, e para a Buzz Photos, entrou com a ação no Tribunal Distrital dos Estados Unidos.

No processo, Klayman alega que o novo coronavírus, causador da doença Covid-19, é uma arma biológica projetada pela China, destaca a emissora NDTV.

Segundo Klayman, ao permitir a proliferação do vírus, o regime comunista em Pequim violou leis internacionais, tratados e normas dos EUA.

Klayman disse o seguinte sobre a denúncia criminal contra a China:

“O cruel regime comunista chinês, que persegue e aterroriza seu próprio povo, deve ser responsabilizado. É um regime criminoso, que arrogantemente encolhe sua responsabilidade criminal culpando os Estados Unidos e o resto do mundo livre. 

Conclamo advogados de Nações de todo o mundo a se unirem aos nossos esforços para punir os culpados e colocá-los na prisão onde merecem estar. Eu também exorto todas as pessoas de boas intenções a se unirem ou seguirem e apoiarem nosso processo de ação coletiva em Dallas, Texas.

Estou reunindo ativamente uma equipe de advogados para garantir que a China, e não o contribuinte americano, pague a conta do sofrimento e da morte humanos causados por esse estado terrorista comunista.

Também estou ajudando advogados de outras nações em todo o mundo a trazer ações legais semelhantes “.

O processo também afirma que o Covid-19 é uma doença extremamente perigosa porque tem uma natureza muito agressiva e foi projetado para sofrer mutações de pessoa para pessoa, se espalhando rapidamente.

A pandemia da Covid-19 teve origem na província de Hubei, na China, em dezembro de 2019. 

O país, no entanto, afirma ter derrotado o vírus completamente em Wuhan, a cidade mais afetada, anunciando planos para suspender o bloqueio. 

Até o momento, o vírus já infectou mais de 1.310.000 pessoas e matou mais de 72.630 pessoas, conforme dados da Johns Hopkins Organização Mundial da Saúde.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -