Advogado viajou em avião próprio para defender esfaqueador de Bolsonaro

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior utilizou um avião particular para deixar Belo Horizonte às pressas rumo a Juiz de Fora, na Zona da Mata, para defender o esfaqueador de Jair Bolsonaro (PSL) nessa quinta-feira (6).

O trajeto foi feito no dia seguinte ao ataque contra o candidato do PSL. Ao lado de Zanone, viajou o também advogado Fernando Costa Oliveira Magalhães.

Os dois fazem parte de uma união de quatro profissionais que defendem Adelio. Completam o grupo Marcelo Manoel da Costa e Pedro Augusto de Lima Felipe e Possa, que atuam em Barbacena, na Zona da Mata, e acompanham o caso desde o início.

Esfaqueador de Bolsonaro defendido por advogados de luxo

A defesa de Adelio é paga, de acordo com os próprios advogados, por uma congregação religiosa de Montes Claros, no Norte de Minas. O nome da igreja, entretanto, foi mantida em sigilo.

Em Juiz de Fora, os quatro advogados participaram da audiência de custódia que definiu a transferência de Adelio do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) local para uma penitenciária federal, no Mato Grosso do Sul. A defesa concordou com a decisão e argumentou que a ação do cliente se deveu ao discurso adotado por Bolsonaro.

Esfaqueador de Bolsonaro transferido para prisão em Campo Grande

Adaptado da fonte EM
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações