Advogados dos EUA entram com ações contra a mineradora Vale

Idiomas:

Português   English   Español
Advogados dos EUA já preparam ações contra a mineradora Vale
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A mineradora Vale já foi alvo de dois processos semelhantes nos Estados Unidos em 2015 após o acidente da Samarco em Mariana, no estado de Minas Gerais.

Uma ação foi ajuizada no distrito de Brooklyn, em Nova York, na noite de segunda-feira (28), mesmo dia em que as ações da mineradora desabaram 24,5% na bolsa brasileira, o que representou uma perda de mais de R$ 70 bilhões em valor de mercado.

São alvos do processo tanto a Vale quanto o presidente-executivo da companhia, Fabio Schvarstman, e o diretor financeiro, Luciano Siani, informa o “G1“.

Pelo menos três outros escritórios de advocacia dos Estados Unidos anunciaram a intenção de ingressar na Justiça com ações coletivas contra a Vale.

Os processos vão buscar a reparação das perdas causadas aos investidores pelo acidente com a barragem da mineradora em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, na última sexta-feira (25).

Os escritórios The Schall Law Firm; de Los Angeles; e Wolf Popper e Bronstein, Gewirtz & Grossman afirmam que vão aos tribunais para recuperar perdas, informa o “Estadão“.

Na sexta-feira, os ADRs (um tipo de ação) da Vale caíram 8% na Bolsa de Nova York. Ontem, a queda foi de 18%.

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota de crédito em moeda estrangeira da Vale de BBB+ para BBB-, e colocou o rating em observação para um eventual novo corte.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque