- PUBLICIDADE -

Advogados querem suspensão de prisões em 2ª instância

- PUBLICIDADE -

Com a suspensão do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, entidades de advogados e defensores públicos apresentarão no dia 2 de abril petição pela análise das duas ações que questionam a jurisprudência do tribunal, antes do caso específico do petista.

Entidades de advogados favoráveis à prisão após todos os recursos esperam que o caso do Lula tenha efeito “erga omnes”, ou seja, para todos.

Caso isso não ocorra, a estratégia é pedir que o STF ao menos suspenda a execução de condenações até que sejam julgadas as ações sobre prisão em segunda instância.

 

Com informações de: [Estadão]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -