Português   English   Español

Aécio Neves diz que disputará eleição mesmo se virar réu

Capa: Marcelo Camargo /Agência Brasil

Na véspera da sessão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que pode transformá-lo em réu, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) reuniu a imprensa para um pronunciamento de 12 minutos em que respondeu a apenas duas perguntas dos jornalistas.

Ele é acusado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) de ter recebido R$ 2 milhões em propina do empresário Joesley Batista, dono da JBS. O senador refuta todas as acusações e diz que é vítima de um “tsunami de versões”.

Aécio foi denunciado ao STF pelos crimes de corrupção passiva e obstrução à Justiça. Nesta terça-feira (17), os ministros do colegiado do STF decidem se abrem ou não uma ação penal contra o tucano.

Aparentando apreensão, o senador afirmou que caso se torne réu não desistirá de sua candidatura à reeleição. Disse que isso não é impeditivo, mas que a decisão será de seu partido.

 

Com informações de: [GdP]
Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...