Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Aécio quer punir quem recusar futura vacina contra coronavírus

MP pede que Aécio devolva mais de 11 milhões gastos com voos
COMPARTILHE

“É preciso cuidado com brasileiros que venham a se recusar à vacinação”, diz o tucano.

O deputado federal Aécio Neves (PSDB) protocolou, nesta terça-feira (27), o Projeto de Lei 5040/2020, que pune quem se recusar a tomar uma futura vacina contra o coronavírus.

O texto estabelece as mesmas penalidades previstas no Código Eleitoral para o cidadão brasileiro que não vota.

Ao justificar a peça, o tucano afirma que:

“Quem recusar-se à vacinação estará agindo da mesma maneira que aquele que se recusa a participar das eleições. Este não é local nem momento para discutir a obrigatoriedade do voto. Nosso Direito e nossas convicções coletivas assim o consideram.”

E acrescentou:

“É preciso cuidado com a possibilidade de que haja brasileiros que venham a se recusar à vacinação, seja por razões religiosas, filosóficas ou o que seja. A tarefa do Estado, ao determinar a vacinação, é proteger o direito de todos à vida, e sem esta evidentemente não há sequer opinião, quanto mais direitos.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE