Português   English   Español

Afeganistão mata 68 jihadistas do EI em operações militares

afg

Pelo menos 68 membros do grupo terrorista Estado Islâmico, entre eles vários comandantes, morreram e outros 38 ficaram feridos em duas operações das forças de segurança afegãs no país.

Na província de Nangarhar, as tropas lançaram ontem à noite uma ofensiva no distrito Haska-Mena, na qual morreram 60 combatentes do Estado Islâmico e outros 18 ficaram feridos.

Na operação, feita contra fortificações e bases do grupo em três aldeias do distrito, também morreu um civil e outros dez ficaram feridos, segundo a fonte, que culpou os jihadistas por estas baixas por utilizar os moradores como “escudos humanos”.

Na província de Jawzjan, outros 26 membros do EI morreram em uma operação aérea que deixou também 20 feridos em duas aldeias do distrito de Darzab, considerado o principal reduto da formação no norte do Afeganistão.

Um porta-voz do governo afegão detalhou que entre os mortos pelo bombardeio estava dois estrangeiros e vários “comandantes importantes” dos jihadistas, como seu “número dois” para o norte do país, Qari Shujah.

 

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário

Veja também...