PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

África do Sul já registra mais de 70 mortes em distúrbios

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Mais de 1,2 mil pessoas foram presas até o momento em distúrbios no país africano.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Forças policiais e militares das Forças Armadas seguem lutando para restaurar a ordem em partes da África do Sul atingidas por distúrbios violentos.

As forças de segurança disseram que o número de pessoas mortas após vários dias de caos social já supera os 70.

Os protestos eclodiram quando o ex-presidente sul-africano Jacob Zuma, 79 anos, se entregou às autoridades para cumprir uma pena de 15 meses de prisão por desacato ao tribunal. 

Zuma, que governou o país por mais de 10 anos, se recusou a comparecer a uma comissão anticorrupção para enfrentar várias acusações, incluindo suborno e fraude, como noticiou a Renova.

Mais de 1,2 mil pessoas foram presas nas províncias de KwaZulu-Natal — terra natal de Zuma — e Gauteng, ainda segundo as autoridades.

Enquanto isso, uma horda de saqueadores continua incendiando shoppings e zonas residenciais, além de entrar em confronto com policiais e seguranças particulares.

Nas últimas horas, a equipe da RenovaMídia vem cobrindo em tempo real os distúrbios na África do Sul através da rede social Twitter. Selecionamos um exemplo logo abaixo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.