Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

África respira após enfrentar enxame de bilhões de gafanhotos

África respira após enfrentar enxame de bilhões de gafanhotos
COMPARTILHE

Enxames de bilhões de gafanhotos percorreram grande parte do leste da África nos últimos meses.

A Agência de Alimentação e Agricultura da ONU (FAO) anunciou, nesta quarta-feira (20), que conseguiu salvar 720 mil toneladas de cereais em 10 nações da África

As colheitas, que têm potencial para alimentar até 5 milhões de pessoas em um ano, costumam ser alvos de nuvens de gafanhotos que vêm assolando o continente africano.

Em março, nós informamos¹ que o Quênia estava combatendo o pior ataque de gafanhotos dos últimos 70 anos. A infestação também estava acabando com os pastos e as plantações na Somália e na Etiópia, e varrendo o Sudão do Sul, Djibuti, Uganda e Tanzânia.

Mesmo com as boas notícias divulgadas pela FAO, as chuvas recentes podem causar uma segunda onda de gafanhotos, já que essas condições geralmente intensificam o desenvolvimento dos insetos. 

A FAO destacou² ainda que a atual pandemia de coronavírus pode complicar as iniciativas para mitigar as consequências humanitárias da praga, como o envio de “insumos agrícolas” e de dinheiro para os agricultores e fazendeiros.

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários