Português   English   Español
Português   English   Español

Agência ligada a ONU teme pelas ‘estatísticas’ no governo Bolsonaro

Agência ligada a ONU teme pelas 'estatísticas' no governo Bolsonaro
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Diretor da OIT diz estar ‘preocupado’ com o ‘futuro das estatísticas oficiais no Brasil’ após Bolsonaro afirmar que método de calcular desemprego no Brasil é uma ‘farsa’ e que precisa ser alterado.

A Organização Internaiconal do Trabalho (OIT) saiu em defesa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) diante da fala do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) sobre a produção de dados de desemprego no Brasil.

Bolsonaro chamou de “farsa” os números atuais, divulgados mensalmente pelo órgão, vinculado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e fundado em 1934.

Rafael Diez de Medina, chefe de estatísticas e diretor do Departamento de Estatísticas da OIT, não escondeu que considera a declaração de Bolsonaro de “perigosa”.

Ele afirmou:

Toda declaração de um pessoa que vai ocupar um cargo tão alto, e que de uma maneira bastante agressiva questiona uma definição internacional, de alguma maneira me faz pensar que existe um certo perigo sobre o que poderia ocorrer no futuro se existe uma discrepância técnico na qual os dados não são o que politicamente se queira. Há sempre uma tentação autoritária e é isso efetivamente que sempre se teme.

Para Medina, o que preocupa é uma eventual erosão da independência das estatísticas diante do poder público.

O funcionário da OIT acrescentou:

A intromissão do sistema político é um perigo”, insistiu. “Uma das primícias é a independência das estatísticas e autonomia com o objetivo de evitar a interferência política nessa elaboração. E isso implica seguir os padrões internacionais.

 

Adaptado da fonte Estadão

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!