PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Agenda LGBT sofre derrota na Suprema Corte dos EUA

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Supremo dos EUA disse que a Filadélfia violou a “primeira emenda” de agência católica.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu, nesta quinta-feira (17), que agência de adoção católica da Filadélfia pode rejeitar pedidos de casais do mesmo sexo. 

A entidade se recusou a considerar casais da comunidade LGBT como potenciais mães ou pais adotivos em caráter temporário. 

A decisão da agência levou as autoridades da cidade da Filadélfia, no Estado da Pensilvânia, a limitar o contrato com a Catholic Social Service (CSS).

A agência de adoção optou por entrar na Justiça alegando violação da “liberdade religiosa”. 

Ontem, os nove juízes da mais alta corte dos EUA votaram contra a ação da Filadélfia, considerando que ela viola a 1ª emenda à Constituição.

Em seus comentários, o presidente da Suprema Corte, John Roberts, declarou:

“A recusa da Filadélfia em contratar a CSS para fornecer serviços de acolhimento temporário a crianças, a menos que concorde em certificar casais do mesmo sexo como pais adotivos de crianças em caráter temporário, viola a primeira emenda.”

E acrescentou:

“CSS busca apenas uma modificação que lhe permita continuar servindo às crianças da Filadélfia de uma maneira consistente com suas crenças religiosas; não pretende impor essas crenças a ninguém.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.